23/09/2004

MC SERGINHO MEETS WILLIAM BURROUGHS


Sei que isso é uma coisa bem americana, e que eu deveria promover o amor e a bondade. Mas vai aí o link de um ótimo site sobre assassinos seriais (como uma forma de sublimar a violência em seus corações):

http://www.crimelibrary.com

Eles contam em detalhes as "peripécias" de Charles Manson, Ted Bundy, Jeffrey Dahmer (aliás, sobre ele há um filme ótimo – Dahmer – que se concentra mais no embate psicológico entre ele e uma de suas vítimas. Uma questão praticamente Wildeana, "Each man kills the things he loves", ou o inverso "se entregar à morte por um amor". Questão central também no filme "Aconteceu na Suite 16", do belga Dominique Deruddere. Nesse último, é o relacionamento entre um velho inválido e um garoto de programa assassino)
.
Mas voltando aos assassinos seriais, a história mais louca que eu li nesse site é a de um cara que raptou uma menina e a manteve como uma escrava sexual por SETE ANOS. Grande parte desse tempo ela ficou presa dentro de uma caixa, que ficava embaixo da cama dele. Será que foi daí que tiraram "Encaixotando Helena"? Preciso rever esse filme. (Aliás....aliás...acabo de perceber que o [ator] Julian Sands já recebeu os melhores papéis da história - em vão. Fez Liszt, num filme sobre a George Sand, o demônio em "Warlock" e uma lacraia em "Naked Lunch" – ALIÁS! Acabo de perceber que Mc Serginho também é cultura. Ele tirou a sua "lacraia" do livro de William Burroughs, claro! Ambas são negras, brasileiras e homossexuais. Não pode ser coincidência. Nunca imaginei que Mc Serginho lesse...ainda mais Burroughs...ainda mais em inglês- porque não há nenhuma tradução disponível do livro. Ou será que ele só viu o filme do Cronenberg?)

Enfim, não pensem que estou obcecado pelos "beats" , é apenas meu trabalho atual.

DIA DA CRIANÇA

Feriado de Dia das Crianças - embora alguns insistam que é dia da Nossa Senhora Aparecida, como se o Brasil não fosse um país laico... V...