25/02/2005

FILHOTES ESGANIÇADOS DE BOWIE

Ei, já marquei o lançamento de "Feriado de Mim Mesmo" em Porto Alegre. Dia 16 de Abril, num sábado, provavelmente no Botequim das Letras. Vai ter show do Placebo por lá no dia 19, então eu já vou e fico direto para ver o show. Devo ver o show em SP também.

O (vocalista) Brian Molko já foi meu cliente, quando eu era mich... barman em Londres. Mas eu só o vi, nunca conversei nem nada. Ele é bem feinho. Gosto do Placebo, tenho todos os albuns e tal, mas não sou fãzaço. Acho que é um subproduto de Suede (que já é subproduto de Bowie), apesar de ser mais pesado. Suede também teve uma carreira mais irregular, com discos maravilhosos e discos terríveis. O Placebo tem todos os discos meio iguais. Enfim, são filhotes esganiçados de Bowie: Suede, Placebo, Sex Gang. E todos eu conheci pessoalmente na mesma época, em Londres.

Voltando aos lançamentos, já sabem: 29 de março em SP, 16 de abril em Porto Alegre e 13 de maio no Rio. E tem lançamento da "Morte" em Portugal, no segundo semestre. Quero marcar também em Curitiba, provavelmente para maio. Tem alguém de Curitiba aqui? André? Luís? Pra coisa dar certo aí, preciso planejar algo, uma leitura, um debate, sei lá.

Também aceito convites de outras cidades, quero viajar o mundo todo! A questão é passagem e hospedagem. E em cidades que eu não conheço muita gente, o ideal é fazer o lançamento com algum debate, uma leitura, algo de que as pessoas possam participar. Não quero passar pelo constrangimento de ficar sentado sozinho numa mesa, sem amor nem ninguém. Me bate a síndrome do Igor!

Sabe como é? O Igor era um gurizinho que estudava comigo no primário. Ele era bonzinho, popular até, mas fez um aniversário de uns oito anos em que não foi ninguém, ninguém, NINGUÉM! Só eu. E tinha aquela mesa linda, cheia de cachorro quente, brigadeiros, beijinhos, lembrancinhas, língua de sogra. Tudo para as baratas comerem. Eu, como era um mini-joselito, ao invés de consolar o piá, ficava cutucando: "Mas não vem ninguém nessa festa?!!"

Deus ainda não me puniu por causa disso, mas sempre acho que o castigo virá na minha próxima noite de autógrafos.

LEVE NEVE

Com minha herdeira, a Trevosinha Valentina.  Lançamento ontem em São Paulo. São Paulo é o que conta - é minha casa, minha base, daqui...