01/03/2005

O DRAGÃO SANTO DE SANTIAGO

Bomba! (hehe) Saiu na Bravo de março uma ótima resenha de página inteira de Luís Augusto Fischer sobre "Feriado de Mim Mesmo". Ele faz uma análise da história e do meu estilo e toca em alguns pontos importantes do "universo nazariano". O melhor é que, por ser um livro de suspense, ele não entrega o final.

"Feriado de Mim Mesmo" ainda não está aqui. O livro ainda está na gráfica e eu nem sei quando fica pronto (acho que a Planeta não quer me falar, para eu não ficar na pressão, heheh). Mas deve estar saindo por esses dias, afinal, a Bravo já está nas ruas e o livro já está sendo divulgado...

Saiu hoje também uma matéria no "O Globo" sobre o novo livro do Nick Hornby. Eu nunca li nada dele, não me interesso muito. Mas a coisa é que no livro ele analisa 31 músicas marcantes para ele. Por isso, o pessoal do Globo pediu a "31 personalidades" que dessem as músicas que marcaram suas vidas. Eu estou lá. Como eles colocaram uma versão bem editada do meu texto, vai aí o que eu mandei pra eles na íntegra:

"So Young – Suede (93): Quando eu era um adolescente nerd, descobrindo o sexo e as drogas, Brett Anderson e seus amigos me mostraram um novo mundo de possibilidades, ambigüidades e androginia. Eu era apaixonado por uma garota da minha escola e ela me deu o primeiro CD do Suede de presente. ‘So Young’ fala tudo o que eu sentia na época: ‘We´re so young and so gone, let´s chase the dragon from our home.’ "

Entre os outros que deram suas preferidas, está a querida Vanessa Krongold, vocalista do Ludov.

FIM DE SEMANA DO TERROR

A turma.  Passei os últimos dias trancado com uma dúzia de malucos, num sítio afastado, sem sinal de celular e internet. O “Fim d...