12/04/2005

VITÓRIA DO INDIVÍDUO

Hoje fui ver “O Clã das Adagas Voadoras”, do Zhang Yimou, mesmo diretor de “Herói”, que também está em cartaz. É uma belezinha. Quero dizer, a fotografia não é tão bonita como a de “Herói”, mas o casal protagonista...

E o engraçado é que os dois filmes tem posições “políticas” praticamente opostas. Enquanto “Herói” é um filme engajado, no qual se luta pela paz de um povo, “O Clã” é um filme romântico, em que se luta por um bem individual (ou de um casal... e que casal!). “Herói” tem todo aquele falatório de que “só o amor constrói”. Já no “Clã”, o discurso é “só o amor destrói”, haha. Ou “each man kills the things he loves”.

As lutas do “Clã” são maravilhosas, embora não tenham todo aquele exagero do “Herói”. No final, acho que acabei gostando mais do “Clã” mesmo... principalmente pelo casal. Fora que a filosofia desse parece menos panfletária, mais verdadeira (embora não menos senso comum). Os personagens descobrem sua individualidade através do amor, e por isso desistem de se sacrificar pelo país. É a vitória do individualismo, como eu poderia não gostar?

Fora que o casal...

Falando em vitória do indivíduo, saiu hoje uma resenha bem simpática e bem escrita sobre o “Feriado” no Mix Brasil. Dá pra ler aqui:

http://mixbrasil.uol.com.br/cultura/hlancam.asp

Tenho recebido emails muito legais de leitores falando sobre o livro, fico feliz. Com certeza é minha obra que está mais repercutindo, e bem rápido. Mas considero que isso seja conseqüência de todo o trabalho anterior, do meu nome estar ficando mais conhecido, de terem saído tantas críticas boas sobre “A Morte”. Fora que eu acho que “Feriado”, ao contrário do que Marçal disse na Folha, provavelmente é meu livro mais fácil, e não menos denso por isso. Ë o favorito da minha mãe (que não gosta de “Olívio”), da minha assessora de imprensa, de amigos queridos como o Ismael...

O trabalho em cima dele está intenso. Tive de fazer novas fotos de divulgação este final de semana, a pedido da Editora, porque a do livro já desgastou. Esta semana viajo para o lançamento no sul. E já está marcado uma leitura seguida de lançamento em Santos.

Dia 29/04 –19h, na Livraria Realejo.

Estou preparando algo muito especial. Uma leitura interativa com áudio pré-gravado, com ajuda de meu amigo Diogo de Nazaré. Se funcionar em Santos, levarei para outros lugares em breve.

COMEMORAÇÕES

Fim de semana em Maresias.  A neve enfim chegou. Semana mais fria do ano no Brasil coincidiu com a publicação de meu nono livro, Nev...