27/01/2006

FAMÍLIA CAMURÇA E MAMÃE URSA.

Ei, neste sábado vou fazer uma das minhas (cada vez mais raras) aparições como DJ. Na verdade, vou substituir um DJ que vai ter de faltar no Dynamite Pub. Como o tema da festa é um "Especial Suede", o Pomba me chamou para quebrar o galho e devo tocar a família toda: Suede, The Tears, Bernard Butler, McAlmont & Butler, David Bowie, Smiths, T-Rex, Pulp e por aí vai...

Devo tocar entre a 1 e 2h da manhã. O Dynamite fica na Cardeal Arcoverde com a Mourato Coelho, em Pinheiros.

Estou fechando o contrato de "Mastigando Humanos", meu quarto romance. Terá ótimas supresas. Como já adiantei na comunidade "Santiago Nazarian" do Orkut, o livro traz diversas citações de personagens e autores já conhecidos. "O Corvo", do Poe, é um dos coadjuvantes. Lorena, de "A Morte Sem Nome", também aparece brevemente. Tem ainda Kafka, Burroughs, Thomas Schimidt, Condessa de Segur, Cyndi Lauper, Mickey Mouse, Godzilla e até Super Mário! Sim, sim, esperem uma psicodelia generalizada, inclusive com ILUSTRAÇÕES.

Logo coloco mais detalhes (inclusive a editora) aqui.

Falando em Orkut, nos últimos tempos surgiu uma avalanche de comunidades relacionadas aos meus livros. Além da clássica "Santiago Nazarian", moderada pelo Thomas, fizeram "Quero Pegar Santiago Nazarian", "A Morte Sem Nome" e "Feriado de Mim Mesmo".

Sei lá se precisa de tudo isso, mas fico envaidecido e agradeço.

Pra terminar, assistam "Um Crime tão Delicado", do Beto Brant. É bem diferente dos filmes anteriores dele. E bem interessante.

Vou nessa.

UM ANO TREVOSO

Saindo do poço... Não foi fácil para ninguém, não se engane. Não foi fácil para mim. Estava revendo há pouco minhas retrospectivas de a...