04/02/2006

NOVAS FRONTEIRAS

Não sabia se já podia divulgar. Não sei se a notícia vazou ou se veio de fontes oficiais, mas saiu uma nota no "O Globo" de hoje, então já posso contar:

Acabo de assinar com a Nova Fronteira. Meu novo livro, "Mastigando Humanos" sairá por eles, no segundo semestre. Tive um bom relacionamento com a Planeta. Eles fizeram um ótimo trabalho de divulgação dos meus livros anteriores, mas estava na hora de "sair da casa dos pais", e a Nova Fronteira foi a editora que me fez a melhor proposta, não só de grana mas de todas as condições para o livro sair como eu o imagino. Fora que vai ser uma honra estar entre o catálogo de "fodões" deles.

"Mastigando Humanos" deve ser o maior dos meus livros, em todos os sentidos, com quase 300 páginas de insanidade. Além disso contará com ILUSTRAÇÕES de Marco Túlio, um jovem artista de Ribeirão Preto que combina doçura com sarcasmo como ninguém... ou melhor, como eu, nesse novo romance.

Vocês podem conhecer o trabalho dele aqui:

http://www.fotolog.com/myfriendgoo

A trama do livro... hum... isso eu ainda não vou contar. Vocês não levariam a sério. Haha. Só posso dizer que quase todos os personagens da história, inclusive o narrador, são animais.

E nesta semana vou ao Rio, discutir os detalhes da publicação na Nova Fronteira. Acho que não vai dar tempo de encontrar os amiguinhos cariocas, porque vai ser uma viagem bate-volta. Mas virão outras...

E falando em viagens, recebi esta semana também meu contrato com La Nuova Frontiera da Itália! Por eles vou lançar um conto só, numa antologia. E assim minhas fronteiras se expandem.

Abaixo, a notinha que saiu hoje no Globo. Recebi por email do querido Lu Gastão:

"Depois de tempos sem investir em novos nomes de autores brasileiros contemporâneos, a Nova Fronteira dá sinais de mudanças no horizonte com uma contratação algo surpreendente para quem detém um catálogo de perfil mais tradicional: Santiago Nazarian, jovem paulistano de ar e literatura underground , acaba de entregar um romance à editora carioca. O livro, ainda sem título, é o quarto romance de Nazarian, autor de "Olívio" (editora Talento) — vencedor do Prêmio Fundação Conrado Wessel de Literatura 2002 —, "A morte sem nome" e "Feriado de mim mesmo" (ambos pela Planeta, o último lançado no ano passado) e deverá ser publicado no segundo semestre, provavelmente a tempo de pegar a Festa Literária Internacional de Paraty, que começa dia 9 de agosto."

QUANTO GANHA UM ESCRITOR

Com Paulo Scott na Garopa Literária Aqui em Maresias. Na casa que Murilo alugou. Cheguei nesta noite fria de sábado e fui fazer um ch...