28/03/2006

BIBAS DEPRIMIDAS.

Estou aqui, em mais uma madrugada, depois de tentar em vão dormir num horário decente (por decente, entenda-se quatro da manhã). Acabei levantando, lendo as cartas e os contos deprimentes do Caio (descobri um sobre a praça Roosevelt, veja só) e baixando o cd novo do Placebo, que é uma porra... porra de ruim.

Ao menos serviu para isso. O cd novo do Placebo serviu para conectar os anteriores com toda essa vibe e me fazer reconhecer a importância que eles tiveram. Ao menos aqui na terra nazariana. (Brian Molko foi meu cliente - ops! - em Londres. Bem tosco. Inclusive cantou um dos barmen e deixou o telefone.) Sempre considerei o som deles um subproduto de Suede, mas ok. Os shows deles no Brasil também foram picaretagem, sem a menor energia e espontaneidade. Mas agora tenho ouvido direto "Centerfolds". E sofrido com a letra camp de fossa:

Come on Balthazar, I refuse to let you die.
Cause that’s wrong,
I’ve been waiting far to long
For you to be... be mine.


"Centerfolds" é do álbum anterior, "Sleeping with Ghosts" (meu favorito). E "Sleeping with Ghosts" tem sido um conceito recorrente aqui em casa, desde "A Vida Iluminada por Fantasmas" até "Aquele que se Escondeu Dentro do Armário". Tem a ver com as fotografias fantasmas, com o filme "Espíritos", com o fantasma de Mário de Andrade no quarto de rapazolas, Caio Fernando Abreu sendo ressuscitado, minha porta rachada, minhas madrugadas sonambulescas e "I Fell in Love with a Dead Boy", do Antony and the Johnsons.

Enfim, não espero que entendam. Ao menos leiam o post anterior, das fotografias fantasmas, que vai diverti-los...
Volto a tentar dormir agora ouvindo "Bibas Deprimidas", um cdzinho que gravei fazendo seleção das coisas mais gays e mais dramáticas da minha discoteca. Um sofrimento gostosinho. Fica o playlist:

KLAUS NOMI – DEATH
RUFUS WAINWRIGHT – L’ABSENCE
ELTON JOHN – SACRIFICE
LEMONHEADS – BIG GAY HEART
SECOS E MOLHADOS – AS ANDORINHAS
LOU REED – WALK ON THE WILD SIDE
ANTONY AND THE JOHNSONS – I FELL IN LOVE WITH A DEAD BOY
MARC ALMOND – YESTERDAY WHEN I WAS YOUNG
DAVID MCALMONT – IT’S ENOUGH
BOY GEORGE – DO YOU REALLY WANT TO HURT ME
CAUBY PEIXOTO – WHAT’S NEW
MICHAEL JACKSON – SPEECHLESS
ERASURE – SO THE STORY GOES
MORRISSEY – WE’LL LET YOU KNOW
HIM – BEAUTIFUL
BILLY MACKENZIE – PAIN IN ANY LANGUAGE
KÉ – I AM NOTHING
PLACEBO - CENTERFOLDS

(Achava o que? Que eu era um desses que escutava blues? Me poupe.)

FIM DE SEMANA DO TERROR

A turma.  Passei os últimos dias trancado com uma dúzia de malucos, num sítio afastado, sem sinal de celular e internet. O “Fim d...