19/07/2006

SENTADA NA CALÇADA DE CANUDO E CANEQUINHA.

Esta semana vi mais um filme que entrou para os meus favoritos de todos os tempos: "Bubble" do Steven Soderbergh. Eu não sou muito especialista nesse diretor, só tinha visto mesmo o curta dele em "Eros", passei longe de blockbusters que ele dirigiu com a Julia Roberts e o escambau, mas "Bubbles" é outra coisa, coisa fina.

Gosto muito da dinâmica dele com os diálogos, aparentemente banais. Os atores-amadores também estão ótimos, em especial a protagonista "bolha". E "Bubble" acaba sendo um filme extremamente simples e bem realizado, para dar chupão em Hollywood e em todo o cenário do cinema independente. Cinema brasileiro é diferente, mais do que dependente (ou "com o rabo preso", eu diria), talvez por isso não tenhamos filmes como esse por aqui...

E meu trabalho com o cinema prossegue, além de colaborar com um roteiro, terminei traduções de 3 filmes e estou legendando algumas sessões de uma mostra que começa hoje, no CCBB-SP.

Chama-se "Alta Tensão", de filmes de terror e suspense. Quem quiser saber a programação completa, veja aqui:
http://www.bb.com.br/appbb/portal/bb/ctr/sp/evt/EvtDet.jsp?Evento.codigo=26730&titulo=Cinema%20e%20V%EDdeo

Recomendo especialmente "Something to Remind Me", "Wendigo", "Soft for Digging" e "Audition", claro. (E não traduzi nenhum desses quatro)

Aqui, ouvindo "Gloomy Sunday" na versão do Associates.

E hoje mudei de academia e estou todo quebrado. Mas não quero massagem, obrigado. Tenho nojo.


"kirikirikiri". A japa from hell de "Audition". Calma, calma que logo coloco mais ilustrações de "Mastigando...".

QUANTO GANHA UM ESCRITOR

Com Paulo Scott na Garopa Literária Aqui em Maresias. Na casa que Murilo alugou. Cheguei nesta noite fria de sábado e fui fazer um ch...