29/07/2008

CAVALO MENTAL



Sonhei que havia um cavalo atrás de mim. Um cavalo com as patas tortas. Me seguia onde eu quer que eu fosse, subias as escadas... Era algo como um cavalo zumbi. Um cavalo que queria comer meu cérebro. E a única forma de me livrar dele era apontando meus dedos em arma.

QUANTO GANHA UM ESCRITOR

Com Paulo Scott na Garopa Literária Aqui em Maresias. Na casa que Murilo alugou. Cheguei nesta noite fria de sábado e fui fazer um ch...