29/07/2008

CAVALO MENTAL



Sonhei que havia um cavalo atrás de mim. Um cavalo com as patas tortas. Me seguia onde eu quer que eu fosse, subias as escadas... Era algo como um cavalo zumbi. Um cavalo que queria comer meu cérebro. E a única forma de me livrar dele era apontando meus dedos em arma.

VOTUPORANGA, SÃO PAULO, SÃO ROQUE E FIM!

Quinta agora, com Reynaldo Damázio. Se há algo de que não posso me queixar este ano é dos eventos. Antes mesmo de lançar o livro novo o...