18/11/2008

SONHEI QUE EU TINHA OS OLHOS VERDES...

E que a Silvia Popovic estava inaugurando um parque aquático. Não me pergunte o que uma coisa tem a ver com a outra. Sonho não tem explicação. Eu reclamava com a Silvia por não ter me convidado. (Não sou íntimo da Silvia, não, só conversei com ela uma vez; sonho não tem explicação).

Sonhei também que trabalhava num laboratório do Butantan, e que uma jibóia escapava no meio de uma experiência. Eu a via andando pelo chão, ia pegar de volta e levava uma picada. Era uma naja. Como eu consegui confundir uma jibóia com uma naja, não me pergunte, sonho não tem explicação. Os cientistas apenas me passavam uma pomada no ferimento - como soro - e me diziam que estava ok. "Está ok mesmo? Foi uma naja... vocês não têm de me dar uma injeção?"

Depois não sonhei mais nada.

QUANTO GANHA UM ESCRITOR

Com Paulo Scott na Garopa Literária Aqui em Maresias. Na casa que Murilo alugou. Cheguei nesta noite fria de sábado e fui fazer um ch...