21/08/2009

A FORÇA DE CLEO


Liz.

Acabei de voltar dos Satyros, na reestréia da peça "Liz", do cubano Reinaldo Montero, que eu ainda não tinha visto. A peça é uma visão bufonesca do reinado da Rainha Elizabeth, no século XVI. Clássica, lúdica e com as pitadas kitsch dos Satyros, LIZ é um ótimo exemplo do teatro que eles vêm fazendo há tempos na praça Roosevelt, que já foi considerado marginal, já foi considerado transgressor, já virou cult e agora permanece como uma das grandes forças do teatro paulistano.

Além disso, ,LIZ é uma demonstração de força de uma diva inconstentável, minha querida Cléo de Páris, que faz a Rainha (e que Rainha).

O texto também é ÓTIMO.

Vai lá: Sextas e sábados, 21h, no Satyros 1 (Praça Roosevelt 214).

AS VIAGENS DE MAIO

Debate em Iguape com Chacal mediado por Reynaldo Damazio.  Está chegando ao fim minha turnê com Ana Paula Maia pelo interior do Rio. ...