28/06/2010

GUZIK

Alberto Guzik por Laerte Késsimos.

Acabei de saber pelo blog do Laerte. O grande ator, diretor, escritor e crítico teatral Alberto Guzik faleceu neste sábado. Estava internado já há vários meses por complicações de um câncer. Eu o visitei no hospital no dia em que me mudei pra Florianópolis, de certa forma consegui me despedir...

Guzik foi professor da minha mãe na ECA, mas eu o conheci pelos amigos dos Satyros (Ivam, Rodolfo, Laerte, Cléo), assisti a várias das peças em que atuava. A mais recente foi "O Diário da Velha Apresentadora", do Mirisola, que comentei aqui no blog, ano passado.

Como escritor, Guzik também tinha coisas belíssima, como o livro de contos "O Que é Ser Rio e Correr" e o romance "Risco de Vida". Era uma pessoa de talento genuíno em vários campos, elegantérrimo, com uma voz de locutor das antigas.

Guzik escreveu maravilhas sobre o "O Prédio, o Tédio e o Menino Cego" em seu blog. Fiquei feliz por sua opinião de crítico, embora ele também já fosse um amigo querido...

Agora, ficam a saudade e a homenagem, aqui de Barcelona.

COMEMORAÇÕES

Fim de semana em Maresias.  A neve enfim chegou. Semana mais fria do ano no Brasil coincidiu com a publicação de meu nono livro, Nev...