28/06/2010

GUZIK

Alberto Guzik por Laerte Késsimos.

Acabei de saber pelo blog do Laerte. O grande ator, diretor, escritor e crítico teatral Alberto Guzik faleceu neste sábado. Estava internado já há vários meses por complicações de um câncer. Eu o visitei no hospital no dia em que me mudei pra Florianópolis, de certa forma consegui me despedir...

Guzik foi professor da minha mãe na ECA, mas eu o conheci pelos amigos dos Satyros (Ivam, Rodolfo, Laerte, Cléo), assisti a várias das peças em que atuava. A mais recente foi "O Diário da Velha Apresentadora", do Mirisola, que comentei aqui no blog, ano passado.

Como escritor, Guzik também tinha coisas belíssima, como o livro de contos "O Que é Ser Rio e Correr" e o romance "Risco de Vida". Era uma pessoa de talento genuíno em vários campos, elegantérrimo, com uma voz de locutor das antigas.

Guzik escreveu maravilhas sobre o "O Prédio, o Tédio e o Menino Cego" em seu blog. Fiquei feliz por sua opinião de crítico, embora ele também já fosse um amigo querido...

Agora, ficam a saudade e a homenagem, aqui de Barcelona.

AS VIAGENS DE MAIO

Debate em Iguape com Chacal mediado por Reynaldo Damazio.  Está chegando ao fim minha turnê com Ana Paula Maia pelo interior do Rio. ...