28/11/2010

BOWIE DA CARA PRETA



Acabo de receber da Saraiva a biografia de David Bowie, escrita pelo jornalista Marc Spitz, que eu traduzi e que sai agora pelo selo Benvirá.

É uma biografia bem completa, pegando desde o encontro dos pais de Bowie até os tempos atuais (em que ele está praticamente aposentado, deve se dizer.). O texto foi baseado em pesquisas de jornais e revistas, biografias anteriores e dezenas de entrevistas com figuras coadjuvantes da vida dele, já que o próprio David nunca autorizou uma biografia. Indispensável para os fãs, não só do próprio Bowie, como da música inglesa em geral.

Eu me tornei fã de Bowie por osmose, porque TODOS os meus artistas favoritos vieram dele: Suede, Eurythmics, Bauhaus, Placebo, Marilyn Manson, Grace Jones, Rita Lee... Todos filhotes de Bowie.

É indiscutível que os Beatles são a banda mais influente da história da música. Mas se os Beatles influenciaram o mainstream, ninguém tem a força de David Bowie na cultura alternativa. Fora que os Beatles foram inovadores há... o quê, quarenta anos? David Bowie seguiu fazendo coisas de altíssima qualidade musical, e ainda assim alternativas, estranhas e diferentes até 2000 e pouco.

(Verdade que ele teve seu período bagaceiro nos anos 80, mas voltou com tudo nos 90, e de lá pra cá só lançou álbuns de peso - Outside, Earthling, Hours, Reality...)

Desculpe, mas Paul McCartney é um bunda mole perto de Bowie.

(E é preciso que se diga que Bowie nunca aceitou abrir as pernas e se tornar cavaleiro da rainha, ou "Sir". Ele rejeitou o título.)

Itálico

"Ziggy Stardust and The Spiders from Mars" sempre entra lista dos melhores álbuns de todos os tempos. Também está na minha, mas talvez eu ainda prefira "Outside" o álbum mais gótico de David Bowie.

Para quem não tem nada dele, uma ótima introdução é o cd "Reality Tour Live", duplo, gravado em 2003, que é praticamente um "Best Of" ao vivo, com Bowie em grande forma (e logo depois ele sofreria um ataque cardíaco e sairia de cena).

Já postei uma lista dessas aqui, mas vai a mais atual das minhas "20 músicas favoritas de David Bowie" (na ordem da minha playlist):

- The Motel

- Rebel Rebel (live, Reality Tour)

- The Man Who Sold the World

- Love You Till Tuesday

- Alladin Sane

- Little Wonder

- Slip Away

- New Killer Star (live, Reality tour)

- Queen Bitch

- Thursday's Child

- Always Crashing in the Same Car (live, 2000)

- Starman

- Breaking Glass (live, reality tour)

- Soul Love

- As the World Falls Down

- China Girl (VH1 Storytellers)

- The Heart Filthy Lesson

- Five Years

- Bring me the Disco King (live, Reality tour)

- Heroes (live, Reality Tour)

Para terminar, aquele meu clipe favorito. Sei que é pedir demais, mas queria chegar assim aos 50...


PRÉ-PÓS-URBANO

Igreja de Satã A natureza é madrasta. A verdade da mata é impenetrável, intransponível, inabitável, não se pode pôr os pés lá. Não há tr...