23/04/2011

LIÇÕES DE LYGIA

Trechos da entrevista de Lygia Fagundes Telles, hoje na Folha.

A senhora começou a escrever ainda menina. Qual a impressão que tem dos jovens escritores de hoje?

Eles me parecem ainda mais ansiosos do que nós éramos. Ansiosos por escrever e por aparecer. E a ansiedade é o maior perigo para um escritor.

A senhora tem lido os jovens autores brasileiros?

Recebo muito livro de jovens escritores e também muita coisa que chega via Academia [Brasileira de Letras]. Mas, se eu fosse ler tudo isso, eu não faria outra coisa que não ler. E, bem, já não tenho muitos anos pela frente. Tenho que aproveitá-los...


(Para mim ficam duas lições: 1) Não deixar de ler os contemporâneos. 2) Elogiar quem merece, nem que seja UM, um ÚNICO nome. Pois, ao menos hoje, me parece um pouco mais nobre chegar aos 88 anos com elegância e generosidade.)

VIVA LA RESISTENCIA

Do alto de Medellin.  Voltando da Colômbia, após cinco dias em Medellin, numa daquelas viagens mais proveitosas do que divertidas. Via...