16/05/2011

RESENHANDO O LANÇAMENTO


Em clima de festa.


Chegaram hoje as lindas fotos do lançamento, feitas pelo Moisés Ferrarini (www.moisesferrarini.com). Retratam bem o clima carinhoso da noite, com amigos queridos e leitores lindos.

O grande ator Rafael Primot, que lança livro de contos em breve.


A diva Renata Bastos.



Essa lindinha veio de BH só para o lançamento.


Ricardo Escandon.





Até umas oito e pouco da noite estava vazio de dar pânico, depois ficou cheio de forma agradável. Foi um evento muito menos hypado do que o lançamento dois últimos dois livros, é verdade, embora tenham saído notinhas no Glamourama, Vogue RG e Estadão. Também não teve gente cuspindo fogo, carne de jacaré e grandes baladas, resolvi fazer uma coisa mais low profile mesmo, em livraria, para focar no livro (O Prédio gerou mais colunas sociais do que resenhas...). Mas foi boa ideia lembrar aos convidados que era meu aniversário (no dia exato); eu não ganhava tanto presente assim desde a infância! Acho que foi meu melhor aniversário, ever, ainda mais com a comemoração do final de semana em Porto Alegre.







Patrícia Casé, isso é prestígio.

Nina Lemos.




Perto do Júnior eu viro um anão.






Liandro.






Lellis é colega de infância.






Michel Laub foi o primeiro a chegar.




A Record encomendou cupcakes para os convidados. E os convidados trouxeram os presentes mais lindos. Teve chocolates que a Gabi Matos fez especialmente mim; a Hitomi fez um bolo maravilhos; Alexandro Matos me trouxe uma caixa de cherry da Kopenhagen (provavelmente meu chocolate favorito - gosto que herdei da minha mãe); João LeStrange me fez um retrato de Santiago Gray fantástico; Pira trouxe lembranças de Floripa; Hugo Guimarães me gravou DVDs com clássicos obscuros de terror; a Editora Leya me mandou uma caixa de vinho com taça; Marcelino Freire me montou um pântano completo de brinquedo; e o Fábio simplesmente me deu um PSP.







Momento emoção, quando o Fábio me deu um novo Playstation Portátil, bem pretinho (eu já tive um, que consegui quebrar em seis meses - e o Fábio já me deu um Nintendo DS há alguns anos, que funciona muito bem. Se todos os ex fossem como ele...).




Hitomi e o namorado rocker. O bolo dela foi o parabéns da noite.














Marcelo e Guima.



A fila - com Nicolas e Luis Fernando.



Eduardo Simões.




Sorry que não consigo obviamente colocar aqui foto de todo mundo que foi. Escolhi as que eu estou melhorzinho, haha. Mas foi todo mundo registrado, mesmo quem tentou fugir, viu? Estão bem guardados.





Meu tio, Eduardo Nazarian.




Comemorando gol de sei lá quem, com Del.



Também foi lindo ver leitores e amigos que vieram de longe, pegaram ônibus, só para me prestigiar. Ator em cartaz recebe aplausos à cada apresentação; músicos recebem gritos e assobios; até artista plástico pode ter um retorno imediato de sua obra; mas escritor só tem esses momentos mesmo, ou encontros furtivos, emails (e não é raro ouvir coisas do tipo: "Gostei muito do seu livro, mas não vou ficar elogiando para você não ficar se achando"; puta merda, escritor não pode mesmo ser feliz?)





Daniela Ximenes é mulher do fotógrafo.






Não se pode dizer que faltaram leitoras lindas.






Adrienne.





A fila com Maíra Mee e minha mãe.




Depois do lançamento, dei com uma esticadinha com quem ficou por lá, no Bar Balcão, onde cantamos o parabéns, e na manhã seguinte já peguei um vôo para Porto Alegre, para ver as amigas mais queridas. Teve mais comemoração, mais presentes, mas as fotos ficaram uma merda - haha - porque foram feitas com Iphone da Cris. Tão aí:






As meninas que eu mais amo nesse mundo - dá pra ver? Cris, Taina e Letícia.




A minha grande amiga Vanessa Krongold (também diva, vocalista do Ludov) estava por Porto Alegre e fez a alegria da minha festinha.




E Renata Leiria, que eu não via há tempos.



Agora começo a receber as primeiras impressões do livro. Já saíram críticas bem bacanas no O Globo e Gazeta do Povo (Paraná), já dei algumas entrevistas e, sim, vai ter em breve coisinhas bacanas na TV... Mas para mim o mais interessante é sempre saber a opinião de quem lê.




E para quem não foi, não guardo mágoas, até porque, sei que os que faltaram só terão doenças e vidas miseráveis logo mais. Não é praga não, longe de mim.






AS VIAGENS DE MAIO

Debate em Iguape com Chacal mediado por Reynaldo Damazio.  Está chegando ao fim minha turnê com Ana Paula Maia pelo interior do Rio. ...