19/08/2011

FERIADÃO


A peça.


Confesso que eu estava com medo...


Há uns bons anos meu romance Feriado de Mim Mesmo está para ser adaptado para o cinema, para o teatro. Fiz o roteiro para o longa com a Eliane Caffé, depois com o Christiano Metri, mas por enquanto está engavetado. No teatro, surgiram alguns grupos interessados; desde o começo o Fabiano de Freitas, do Teatro de Extremos, mostrou bastante entusiasmo, e eu acabei entregando a adaptação teatral para ele, sem querer me envolver.


A peça estreou ontem, e eu ainda não tinha visto nada.



Mas foi uma linda, linda surpresa. Gostei muito. São três atores o tempo todo em cena, fazendo o mesmo personagem, caracterizados iguais, divindindo o texto. O texto é bem fiel ao livro, mas Fabiano soube selecionar muito bem, fragmentar e montar de forma que funcionasse como espetáculo teatral. É teatro de primeira. Foi lindo ver essa transposição, como o texto pode ser retrabalhado para funcionar, de maneira nada óbvia, como arte no palco.


Eles fizeram de uma forma que eu jamais faria, deram a sua própria visão, que eu achei muito melhor do que qualquer visão que eu poderia dar no teatro. Os três atores são ótimos e a produção e cenografia são simples, mas bem bacanas, na trilha, nas projeções, na iluminação...


Eu com os 4 barbudos da peça.



Enfim, fiquei super feliz. Espero que a peça tenha uma carreira longa, viaje o Brasil e vá em breve a SP.


No Rio, fica em cartaz no Sesc Copacaba até 11 de setembro. Corre! Mais detalhes aqui:


http://feriadodemimmesmoapeca.wordpress.com/



Ontem, depois ainda rolou autógrafos do PORNOFANTASMA, e esticamos para comer com o pessoal da Record, da peça, alguns amigos e leitores. Hoje acordei cedinho para vir ao sul.


As queridas da Record.

Gustavo, Felipe, Ana Paula Maia e eu, depois do lançamento.


Agora estou em Jaraguá do Sul (SC), no Festival Nacional do Conto, organizado pelo Carlos Schroeder. Já encontrei Ivana, Marcelino, Galera, Tony Monti... O quarto de hotel onde eu estou é maior do que o meu apartamento. Até cancelei minha estadia em Joinville amanhã, vou passar o final de semana aqui. A festa promete. Em breve posto fotos.

Depois de tanta melancolia, tem sido uma semana e tanto.


FIM DE SEMANA DO TERROR

A turma.  Passei os últimos dias trancado com uma dúzia de malucos, num sítio afastado, sem sinal de celular e internet. O “Fim d...