12/09/2011

MY DARK STAR


Minha mesa ontem, com Moreno Veloso e João Gilberto Noll, moderados por Gonzalo Aguilar.


Estou aqui em Buenos Aires, no FILBA, festival literário cheio de atividades e debates, mas menos integrado, talvez do que outros que fui. Quero dizer. os eventos são mais dispersos, não há aquele espírito de festa, de reunir todos os escritores, de almoços e jantares, eu nem sei exatamente quem está aqui, quais brasileiros já chegaram, se estão todos hospedados neste hotel, vi pouca gente além do Noll e do Moreno. Um clima meio parecido com o das bienais...


Mas o debate de ontem foi bem bacana, num auditório enorme, cheio; Noll é evidentemente um gênio e Moreno Veloso é bem talentoso e simpático. Foi bacana.



Moreno, eu e Noll.

Eu basicamente li meu texto "Yo Contra Brasil", em espanhol, e discutimos também um pouco a situação do Brasil atualmente, na literatura e fora dela.


Meu espanhol ainda rateia bem, mas dá para falar com fluência (também já passei por isso no Chile, Colômbia, Peru, Venezuela, Espanha...)



Depois do debate, fui jantar com Noll e Gonzalo.



Tá vendo esse baldão meio KFC? É jacaré! Pedi um balde de jacaré frito. Não, não é um prato típico argentino, mas tinha no cardápio e eu não podia deixar passada. Jacaré é sempre ótimo.


Carmen foi minha editora na Planeta do Brasil. Agora está de volta à Argentina. Foi no debate e foi depois jantar com a gente. Fofa.



Mas o melhor da viagem, sem dúvida, foi reencontrar Romina, estilista argentina, amiga minha desde a adolescência, que posso passar anos sem ver, mas é como se tívesse se passado só uma semana. E ela continua linda-linda.



Também pude rever a querida Samantha Schwebling (ao centro), grande escritora argentina, que conheci ano passado em Madrí, e que em breve terá um de seus livros lançados no Brasil, pela Saraiva. Ofereceu um belo churrasco em sua casa, feito pelo marido.


O festival continua. Eu fico aqui até o próximo domingo. Hoje diversos autores leram trechos curtos de obras que foram importantes para sua formação. Eu li (em inglês) um trecho de "The Ballad of the Reading Gaol", aquele poema do Wilde com os versos:



Yet each man kills the thing he loves
By each let this be heard,

Some do it with a bitter look,

Some with a flattering word,

The coward does it with a kiss,

The brave man with a sword!



Meu próximo compromisso é na quarta. Esse aqui:




Miércoles 14 de septiembre, 16.00 hs – MALBA


PANEL HOMENAJE: MACHADO DE ASSIS Y GUIMARÂES ROSA


VILMA ARÊAS, SANTIAGO NAZARIAN, ADRIANA LISBOA Y FLORENCIA GARRAMUÑO

MODERA: MARIO CÁMARA



Eu bem avisei que não sou especialista em Machado nem em Guimarães; que nem ao menos são autores que me empolgam, mas aparentemente eles queriam uma voz discordante (ou me encaixar em mais mesas) então estarei lá.

E ainda discoteco na festa de encerramento, na sexta. Espero não despencar novamente do palco, como na última vez, porque meu joelho ainda não está 100%...





FIM DE SEMANA DO TERROR

A turma.  Passei os últimos dias trancado com uma dúzia de malucos, num sítio afastado, sem sinal de celular e internet. O “Fim d...