22/05/2013

A VIDA AQUI DENTRO


Agora é oficial, contrato assinado, publicação prevista para o segundo semestre: Mastigando Humanos e Feriado de Mim Mesmo, que estavam esgotados há um tempinho, foram para Record, que tem me publicado desde 2009.

Bacana. Com isso, todos meus livros disponíveis ficam numa casa só - Feriado de Mim Mesmo; Mastigando Humanos; O Prédio, o Tédio e o Menino Cego; Pornofantasma e Garotos Malditos. Por enquanto, os dois primeiros (Olívio e A Morte Sem Nome) ainda ficarão esgotados. É questão de VOCÊ comprar HORRORES dos outros...

Mastigando Humanos será relançado primeiro. Uma versão revisada. Foi bem doloroso pegar o livro novamente, reler - eu pensava "fui eu mesmo que escrevi essa bagaça?" Ainda que os leitores em geral gostem mais da primeira metade, do que do final desse livro, eu achei o contrário. Ou demorei para entender a proposta do livro. É um fluxo de consciência alucinado e verborrágico, no qual eu não me reconheço mais. Por isso mesmo limitei a reescrita a uma revisão e corte de vícios de linguagem - acrescentei uma piadinha a mais aqui ou ali, nenhuma mudança substancial. Espero que apenas melhorias.

Peguei agora Feriado de Mim Mesmo, que tenho achado um livro muito mais estruturado e "maduro" (embora tenha sido escrito antes, e essa palavra não tenha apenas uma conotação positiva). Tem sido mais fácil de ler. Talvez seja meu melhor livro. Ainda assim, estou alterando coisinhas, dando uns pontos a mais, reforçando o bordado.

As capas dos dois ficarão a cargo do (meu eterno colaborador) Alexandre Matos. Sem ilustrações. Já dei distrações demais a você, agora é hora de reafirmar o texto.

Mas não espero viver só do meu "passado glorioso". Ano que vem deverá haver romance novo, adulto  (ou quase...). Eu na verdade comecei vários, abandonei vários, agora estou com um semi-delineado. A carga de trabalho aqui está pesada - traduções, a série de TV que escrevi e que já está na pré-produção - então a masturbação acaba ficando em segundo plano. Mas quando há prazer, há derramamento. Se todos os prazeres são orais, uma hora sai. ;)


COELHA VAMPIRA

Ilustração de Marcos Garuti para meu conto, na Revista E.                  Na noite de 28 de março de 2017, o escritor gaúcho João ...