30/09/2010

BERLIM



Ouvindo o novo disco do Royksopp... no apartamento Patryk... Em Berlim.



Berlim tem sido bastante... intensa. Já conhecia o norte da Alemanha, mas só agora cheguei a capital.

Ocupando o ponto que costumava ser de Cristiane F.


A cidade é linda. Mas é um país bastante... agressivo, continuo achando. Felizmente estou sendo muito bem recebido pelo Patryk, que conheci há oito anos num pubzinho em Hamburgo... É que ele não é bem alemão, é polonês.


Antenado.


Meu passatempo tem sido basicamente - e como sempre - caminhar. Passei por todos os pontos turísticos a pé, andei horas e horas... e também me perdi horrores e horrores no metrô, e também fui ao jardim zoológico e ao aquário.



Horrores.

E amores.

Patryk se tornou um jovem gourmet - e um tanto quanto esnobe para comida, o que é ponto positivo. Me levou para lugares extraordinários. E na primeira noite já comi um veado... digo, ragú.... digo, ragú de cervo com maçã e sorvete de cramberry.

(Nos almoços, aproveito que ele trabalha e vou escondido ao Burger King.)


O ragú.
E um pato, em mais um momento Ivana.

Nas compras eu estou maneirando, porque a viagem está só começando, claro. Mas não posso deixar de falar do disco novo do Royksopp, que vi por acaso, nem sabia que estava para sair.

"Senior" é uma espécie de Lado B de "Junior", o (excelente) álbum anterior. Enquanto que Junior era ultra-pop, chegando ao kitsch, com vocais de divas alternativas e melodias alegrinhas, Senior é um disco... sênior, sério, lento, ambient, um Brian Eno 2.1. Gostoso de ouvir, de viajar - música para uma trip leve de ácido ou hard de maconha - sem nenhum single memorável (até porque não tem letra, e só há leves vocais etéreos de backing).

Faixas como "Forsaken Cowboy" e "The Fear" encaixariam bem no meio de um dos álbuns anteriores, outras como "The Drug" parecem um lounge genérico de publicitário... Mas de qualquer forma, ouvi o disco o dia inteiro no Ipod, no metrô, no zoológico e no aquário. E como não gostar de uma banda que dá para a primeira faixa o nome de "...And the Forest Began to Sing.



Viajando.

Amanhã cedo vamos para Praga. Voltamos sábado à noite para Berlim, para farrear. Minha conexão com a Internet está bem precária, mas logo eu volto. Fique aqui, fique comigo.

Num café, agora.

AS VIAGENS DE MAIO

Debate em Iguape com Chacal mediado por Reynaldo Damazio.  Está chegando ao fim minha turnê com Ana Paula Maia pelo interior do Rio. ...