14/03/2011

CAPA



Um pai perde o filho de dezesseis anos, vítima de overdose. Anos depois, assiste a um filme pornô com um garoto que lembra muito seu filho. Parte então a uma caçada obsessiva, numa cidade fantasma, onde seu lado paternal, seus desejos e frustrações se misturam. E esta é apenas uma das histórias de PORNOFANTASMA, primeiro volume de contos e mini-novelas de um dos jovens romancistas mais aclamados do país.

(Em breve... Breve...)

PRÉ-PÓS-URBANO

Igreja de Satã A natureza é madrasta. A verdade da mata é impenetrável, intransponível, inabitável, não se pode pôr os pés lá. Não há tr...