11/10/2004

XUXA MEETS NOBUYOSHI ARAKI

Muita gente já ouviu falar daquele filme da Xuxa em que ela literalmente dá colo a um baixinho. Eu aluguei nesta véspera de feriado de dia das crianças: "Amor Estranho Amor", do Walter Ugo Khouri. Conta a história de um menino que é deixado pela avó para morar com a mãe prostituta num bordel de luxo. Lá dentro ele é assediado por todas as meninas, inclusive pela rainha dos baixinhos, e vive um relacionamento edipiano com a mãe, interpretada pela Vera Fischer.

Claro que aluguei só para ver a Xuxa fazendo travessuras, mas me surpreendi. O filme é beeeeem bom. Tem algumas tosqueiras e putarias, mas o som é ótimo, com uma trilha sonora praticamente ininterrupta que vai de Silvio Caldas à Traditional Jazz Band ecoando pelos salões do casarão. Vera Fischer está fabulosa e até a Xuxa está melhor do que quando enfrenta o Baixo Astral. ALIÁS, a melhor cena é quando ela dança jazz vestida de urso; vira praticamente um filme surrealista.

ALIÁS, me lembrou esta foto aqui: http://www.studium.iar.unicamp.br/10/araki/images/15_deathelegy-4.jpg, que o Daniel (Luciancencov) me mandou na semana passada, bem dia das crianças. É do Nobuyoshi Araki, fotógrafo japonês contemporâneo. Ficaria ótima como capa do romance que estou escrevendo agora...

(Sim, comecei um quarto romance. O que esperavam? Terminei "Feriado de Mim Mesmo" há mais de um ano. "A Morte Sem Nome" é de 2001. Até agora estou vivendo das glórias do passado...)

UM ANO TREVOSO

Saindo do poço... Não foi fácil para ninguém, não se engane. Não foi fácil para mim. Estava revendo há pouco minhas retrospectivas de a...