01/10/2013

AINDA O JACARÉ



Capa italiana de "Masticando Umani", já à venda por lá. 

Prosseguindo com a "Alligator Reloaded Tour", taí vídeo do Sempre um Papo, gravado em BH semana passada. Dá uma travada nos 53 minutos, mas já é tempo o suficiente. 




E aproveitando esse clima de revival reptiliano, fui ver o show do querido Daniel Peixoto, no Centro Cultural Rio Verde, aqui em São Paulo. O CD dele, lançado há dois anos, não por acaso também se chama Mastigando Humanos - eu assino a letra da faixa título, como falamos no Sempre um Papo. Há tempos que não via um show dele - acho que nunca tinha visto com banda, só Live P.A. - e Daniel sempre arrasa no palco. Levei Murilo e Marcelino, que ficaram bem impressionados. Pena que foi curtinho. Quero ver mais. 


Daniel Peixoto e os Héteros Cearenses. 

Tô agora ouvindo o CD dele, que é uma mistura louca de eletrônica, glamrock, funk e ritmos nordestinos. Acho que é o tipo de coisa que pode estourar fora do Brasil - e ele já fez suas turnês aí pelo mundo. Tô sempre na torcida por ele. 




E continuando com os amigos de talento - e continuando a morder humanos - fui ver minha amada Cléo de Páris no Sesc Consolação (teatro do terceiro andar), com Eric Lenate em Nosferatu, em texto dela mesma. Adorei. Uma coisa gótica minimalista, sussurrada, iluminada por velas. Daquelas montagens que esfregam na cara as possibilidades únicas do teatro. Quintas e sexta, até 11 de outubro. 


PRÉ-PÓS-URBANO

Igreja de Satã A natureza é madrasta. A verdade da mata é impenetrável, intransponível, inabitável, não se pode pôr os pés lá. Não há tr...