23/11/2004

RESULTADOS, CONCLUSÕES E INTERFERÊNCIAS

Sim, sim, o Daniel Dutra de Barros, do Rio, ganhou a promoção.

Na verdade, eu tinha pensado em Lorena (SP) e Lusiânia (GO) – ambas com nomes alternativos em "L" (Letícia e Lívia), mas ele me surpreendeu com uma "Vitória" que eu nem lembrava.

Os que responderam depois, chegaram tarde. Não sabia dessa história de "Letícia" ser nome de cidade, mas, de qualquer forma, eu escrevi que eram DUAS personagens, e Letícia/Lorena é uma só.

Bem, bem, acabo de voltar do "Encontros de Interrogação" no Itaú Cultural. O meu debate em si foi bem interessante e lotado. Li um conto horrível da Clarice, dei a minha resposta para pergunta e falei um pouco sobre minhas ambições e predileções literárias... Assim que eu descansar a mente coloco mais considerações...

O encontro como um todo foi ótimo. Conheci o Luís Vilela, Nelson de Oliveira (que eu só havia conversado por emails), Daniel Galera – gente finíssima, João Filho, João Silvério Trevisan – também muito simpático, Ignácio de Loyola Brandão e outros mocinhos e mocinhas, além de reencontrar o pessoal: Joca, Ivana, Cuenca, Cecília, Marcelino. Também recebi outros convites - e livros - e armei novos projetos com essa "gente que faz".

Estou preparando umas leituras "com interferências" para breve. O Diogo de Nazaré está fazendo a produção de áudio. Está ficando bem interessante.

Outros dois contos devem sair por aí até o final do ano em sites literários. Quando tiver o link, aviso.

E por falar em link, ontem saiu uma resenha de "A Morte Sem Nome" no Capitu, assinada pela Ana Laura Diniz. Pra ler:

http://capitu.uol.com.br/P.asp?p=22,11,2004,2842

Saiu também ontem uma fotinho minha na Folha, numa matéria sobre os debates do Itaú. E por enquanto é só.


LEVE NEVE

Com minha herdeira, a Trevosinha Valentina.  Lançamento ontem em São Paulo. São Paulo é o que conta - é minha casa, minha base, daqui...